Ao Vivo


Sobre

A Semana de Capacitação promove diversos minicursos de alto nível técnico relacionados à Internet e redes, que são oferecidos e ministrados gratuitamente pelo NIC.br e parceiros de conteúdo, durante cinco dias, de segunda a sexta-feira, sempre pela manhã.

Os minicursos são uma oportunidade para os profissionais dos provedores de Internet e administradores de redes se aprofundarem em tecnologias e boas práticas essenciais para o dia a dia como Instrumentação óptica, operação de redes FTTH, BGP communities, Segurança de redes, RPKI, DNS, MPLS, Segment Routing, voIP, IPv6 e muito mais.

As aulas serão gratuitas, transmitidas pelo canal NICbrvideos no YouTube (https://www.youtube.com/NICbrvideos), ou pelo Facebook (https://www.facebook.com/nic.br) das 9h às 12h (horário de Brasília/UTC-3), e ministradas por profissionais do NIC.br e por nossos parceiros de conteúdo.

Como atividade de encerramento da Semana de Capacitação, na parte da tarde do último dia (sexta-feira), realizaremos uma Feira Virtual com o objetivo de proporcionar um contato direto com os instrutores, reuniões privadas, além de momentos de networking e descontração.
Palestrantes


Agenda



Segunda - feira, 21 de Junho

Instrumental Óptico para Provedores de Internet

Link para a transmissão

Apresentação prática dos principais instrumentos para construção, manutenção e certificação física de redes ópticas utilizadas pelos provedores. Máquina de fusão, Clivador, Power Meter, Power Meter PON, Caneta Óptica, Fonte de Luz, Microscópio Eletrônico Identificador de Tráfego e OTDR serão apresentados de forma prática, com suas características, especificações, aplicações em redes ópticas ponto a ponto, balanceadas e não balanceadas, seus cuidados, verificações, manutenções preventivas e muito mais. 

José Torrone (LaserCom)


Materiais

Apresentação José Torrone

Terça - feira, 22 de Junho

O passo a passo para Planejar e Expandir uma rede FTTH de Alto desempenho

Link para a transmissão

Desde 2011, quando a corrida das redes FTTH iniciou no Brasil, enxergamos claramente 2 tipos de Redes ópticas.

1º - Redes ópticas bem planejadas, estruturadas e construídas sobre as boas práticas.
2º - Redes ópticas construídas sob demanda e pressão, sem necessariamente ter um planejamento prévio.

No início, quando os primeiros clientes são ativados dificilmente se percebe uma grande diferença entre os 2 tipos de redes. Porém conforme os anos vão passando, o segundo tipo de rede começa apresentar vários tipos de problemas, como por exemplo:

Clientes reclamando de quedas e problemas constantes;
Alto índice de retrabalho nas instalações;
Dificuldade para expandir rede;
Demora para fazer ativações;
Problemas com nível de sinal;
Entre outros….

Apesar de isso não ser uma regra, geralmente esses problemas são frutos do de um planejamento precário, ou até mesmo a falta de planejamento de uma rede FTTH.

Nesse mini tutorial em parceria com o NIC.Br vamos mostrar um guia passo a passo, para você extrair o máximo de performance possível do seu Projeto FTTH. Valorizando tanto o trabalho do Projetista como a qualidade da Internet do Provedor.

Material do tutorial: https://projetosftth.com.br/nicbr

Marcelo Machado (FiberSchool) Matheus Marmentini (FiberSchool)

Quarta - feira, 23 de Junho

Tutorial de boas práticas avançadas para Sistemas Autônomos: communities

Link para a transmissão

O que são communites? Para que servem? Como posso utilizá-las? Nesse tutorial iremos abordar temas avançados que não são abordados no curso BCOP, em especial o uso de communities.

Faremos uma explicação sobre communities e suas variantes, como large communities e extended communities. Também abordaremos sobre vantagens de se trabalhar com communities, utilizando as communities disponíveis por sua operadora e pelo IX.br.

Por fim ensinaremos como você mesmo pode criar suas próprias communities para automatizar e organizar melhor sua rede, além de poder oferecer esse tipo de serviço para seus clientes.

Eduardo Barasal Morales (NIC.br) Tiago Jun Nakamura (NIC.br)

Quinta - feira, 24 de Junho

Segurança avançada para um provedor

Link para a transmissão

  • Hardening de Servidores e Elementos de rede
  • Redução de ataques DDoS saindo do Sistema Autônomo
  • Ativação e Uso de NetFlows para Segurança
  • Recebimento e Tratamento de Notificações
  • Muito mais!

Cristine Hoepers (CERT.br|NIC.br) Klaus Steding-Jessen (CERT.br/NIC.br)

Sexta - feira, 25 de Junho

CDNs: entenda como funcionam os principais caches da atualidade

Link para a transmissão

No início da Internet as redes eram pequenas e bem controladas, não existia muita distinção de conteúdo e acesso, pois naquela época os principais fornecedores de conteúdo dentro da Internet eram as grandes universidades americanas, que tinham como objetivo compartilhar entre si as pesquisas realizadas.


Conforme a Internet foi crescendo, mais e mais conteúdo foi sendo criado e cada vez mais usuários começaram a fazer parte dessa rede de redes, até se tornar algo mundialmente utilizado. Com esse crescimento a nível mundial os conteúdos foram ficando cada vez mais distantes (de forma literal mesmo), pois o que antes era concentrado em apenas um único país, agora está espalhado pelo mundo. Então pode ser que para acessar um determinado conteúdo você precise percorrer milhares de quilômetros dentro da Internet para chegar nele.

O que podemos fazer nesse caso? Uma das soluções é procurar meios de transmissão mais rápidos. A fibra óptica é um grande exemplo disso, onde utilizamos a luz para transmitir os dados de sua conexão, agilizando dessa forma o acesso. Ourta alternativa seria melhorar a conectividade entre os provedores: com novos caminhos alternativos existem grandes chances de se encontrar um caminho mais curto até o determinado conteúdo desejado. A terceira solução é trazer o conteúdo mais perto do usuário.

CDN é uma sigla inglesa: Content Delivery Network, o que em portugues seria algo como "Rede de distribuição ou fornecimento de conteúdo". O objetivo dessa rede é literalmente aproximar o conteúdo do usuário, trazendo servidores que contém o conteúdo em uma localidade que seja geograficamente favorável aos usuários que desejam acessar dito conteúdo.

Através das CDNs podemos ter acessos muito mais rápidos e menos onerosos para toda a rede da Internet, uma vez que o caminho até o conteúdo se torna mais curto. Nessa palestra vamos entender um pouco mais sobre como as CDNs funcionam e quais as vantagens e desvantagens de se ter uma. Não perca essa oportunidade!

Antonio Marcos Moreiras (NIC.br) Caio Misticone (Netflix) Claudiney Magno Soares (Globo) Erick Cassal (Akamai) Marcos Sant’Anna (Globo) Rogerio Mariano (Azion) Ticiane Takami (Cloudflare)

Feira Virtual

Link para a Feira (acesso liberado somente às 14h)

Espaço, numa plataforma iterativa, para fazer networking, tirar dúvidas com os palestrantes, conversar com os amigos que participaram da semana de capacitação e conhecer os patrocinadores! Teremos sorteio(gincana de desafios) de brindes para quem participar!

Promoção e Realização

Patrocínio Terabyte

Apoio de Mídia

Contato

Equipe de eventos - NIC.br

eventos@nic.br